×
PRISÃO

Sargento da FAB que traficou cocaína é condenado a 14 anos de prisão

Manoel Silva Rodrigues também deve arcar com 1,4 mil dias-multa, fixados em 1/30 do salário mínimo

Rodrigues já havia sido condenado pela justiça espanhola, em fevereiro de 2020, a 6 anos de prisão.

Manaus (AM) – O sargento da Aeronáutica Manoel Silva Rodrigues foi condenado, nesta terça-feira (15), a 14 anos e 6 meses de reclusão por tráfico internacional de drogas. A decisão é da Justiça Militar da União (JMU).

Manoel também deve pagar 1,4 mil dias-multa, fixados em 1/30 do salário mínimo. A informação foi confirmada pelo Superior Tribunal Militar (STM).

O militar, que participava de uma missão oficial, foi preso em flagrante em 2019, no aeroporto de Sevilha, na Espanha, com 37 kg de cocaína. Rodrigues estava a bordo de aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB).

Ele fazia parte da comitiva de 21 militares que acompanhava a viagem do presidente Jair Bolsonaro (PL) a Tóquio, no Japão, onde participaria da reunião do G20.

Rodrigues já havia sido condenado pela justiça espanhola, em fevereiro de 2020, a 6 anos de prisão.

O Ministério Público espanhol havia pedido 8 anos de prisão para o militar brasileiro.

A cooperação de Rodrigues – que confessou o crime e deu detalhes sobre sua participação – fez o tribunal a reduzir a pena para 6 anos e 1 dia em regime fechado.

Leia mais:

Em Manacapuru, “Bebê” é preso por tráfico de drogas

Adolescente é sequestrado e torturado após sair de jogo de futebol em Tefé (AM)

“Trafigata” é presa por violar o uso de tornozeleira em Curitiba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.