×
Lançamento

Em carreira solo, Andarilha lança videoclipe de “Flor do Sertão”

Além da divulgação presencial, o videoclipe estará disponível no Youtube

Manaus (AM)- Acontece neste sábado (9), às 20h, no espaço cultural Toca do Mumu, o lançamento videoclipe Flor do Sertão, primeiro trabalho solo da artista amazonense Andarilha, que há cinco anos atua em diversos grupos locais de ritmos como afoxé, samba, coco de roda, maracatu e carimbó.

Além da divulgação presencial, o videoclipe estará disponível no Youtube, através do link: https://bit.ly/3OM6u2M.

Flor do Sertão explora os ritmos musicais e experiências das populações nordestinas na Amazônia através da história de uma seringueira, descendente de migrantes do Nordeste que busca sua divindade e proteção. Assim, a lírica apresenta essa busca, o encontro e o amparo de uma deusa, que a guia e fortalece em meio as adversidades da vida.

“Este trabalho, é como uma semente lançada em terra árida, que depois de um longo tempo brota revelando beleza e esperança para muitos caminhos” explica a artista.

O videoclipe apresenta uma sonoridade contemporânea referenciada em ritmos nordestinos, tendo como base a percussão inspirada no maracatu, gravada pelas batuqueiras Jessica Oliveira, Kelly Priscila e Nika Yuki com a linha melódica marcada pelos sons da guitarra, baixo, violão e bateria, gravados pelos produtores e músicos Eber Pirangy, Gean Melo e Eron Oliveira.

À frente da direção geral da canção e do videoclipe, está a própria artista Andarilha. Na execução do trabalho, teve a produção executiva da Pedra de Fogo Produções e o apoio da Tribos Urbanas Studio, Curumim Filmes e Jardim Ikigai, além de vários amigos que se empenharam para o tão sonhado lançamento.

O projeto contou com o apoio do Edital Zezinho Côrrea da Prefeitura de Manaus – 2021 e da Secretaria de Cultura do Estado do Amazonas.

Videoclipe

O videoclipe, assim como a canção, nasceu de um processo longo de afirmação da artista. Apesar da vasta experiência da cantora no meio artístico e cultural no Amazonas, ela ainda não tinha dado o passo inicial para uma carreira solo.

Durante esse processo, Flor do Sertão veio como um sonho, desde a construção da letra, que fala de renascimento de um processo de cura do abandono, até a construção do videoclipe, que foi gravado no Museu do Seringal Vila Paraíso, localizado no Igarapé São João, na zona rural de Manaus.

“A experiência de ocupar um museu no meio da floresta amazônica foi desafiador e revigorante. É importante chamar a atenção para o fato de museus serem pouco visitados e valorizados, mesmo tendo grandeza simbólica e cultural” destaca a cantora.

Carregado de símbolos e significados que fazem conexão com histórias e memórias nordestinas e amazônicas, destacando o modo de ser e fazer, religiosidade e aspectos de trabalho, o videoclipe retrata a história da seringueira, interpretada pela própria cantora, que é guiada por uma Deusa, interpretada pela atriz e bailarina Francine Marie. A narrativa trabalha aspectos do cotidiano da seringueira, da hierarquia e igualdade, destacando a afetividade, cura e renascimento proporcionados pelo encontro com a divindade.

Andarilha

Andarilha é cantora, compositora, batuqueira e pós-graduada em História pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Inspirada pela cultura popular preta que envolve diversos ritmos, sua paixão pela música nasceu no decorrer de pesquisas e trabalhos de campo da faculdade, onde conheceu e se envolveu com vários grupos locais.

Em sua trajetória, a artista já participou de grupos como Malungo Dudu, Samba de Roda Vozes do Cativeiro, Maracatu Pedra Encantada e Baque Mulher Manaus, com participação em diversos eventos culturais de grande significado para a capital amazonense, como a VI Mostra de Cultura Popular, Bloco na Rua, Encontro de Mulheres Afro-Ameríndias e Caribenhas e o Carnaval de Tradições.

Em Junho de 2021, a cantora participou do projeto Vozes do Arco-Íris, da Secretaria Municipal de Justiça Social e Cidadania. Ela foi uma dos 8 artistas LGBTQIAP+ contemplados para gravação de um videoclipe e para isso criou a canção “Cadê a Menina?”. As gravações foram realizadas com o apoio do Casarão de Ideias e da Garagem Som Records e está disponível no Instagram e Youtube da Rede SEJUSC.

No repertório atual, a cantora conta com músicas dos ritmos de carimbó e forró, dando ênfase ao coco de roda a partir do projeto Flor do Sertão, com o objetivo de dar destaque a essa manifestação no cenário cultural de Manaus.

FICHA TÉCNICA DA MÚSICA E DO VIDEOCLIPE

Direção Geral e Voz: Andarilha

Produção Executiva: Pedra de Fogo Produções

Criação Musical: Andarilha, Eber Pirangy, Eron Oliveira, Gean Melo, Jessica Oliveira, Kelly Priscila, Nika Yuki.

Captação de Áudio: Mady

Mixagem: Viktor Judah

Masterização: Victor Nery

Direção audiovisual: ISIS

Assistência de direção: Eber Pirangy

Cinegrafia: Aline Fidélix

Fotografia: Kelly Priscila

Edição: TC Filmes, Luiz André Nascimento, Grazi Praia

Apoio Técnico: Evelyn Dutra, Nathian Duque, Regina de Benguella, Nete Lima.

___

SERVIÇO:

O quê: Lançamento do videoclipe “Flor do Sertão” da artista Andarilha

Quando: 9 de julho, sábado, a partir das 20H.

Onde: Youtube e presencialmente no espaço cultural Toca do Mumu, no bairro Eldorado.

Acesso: R$ 15,00

___

CRÉDITOS DAS FOTOS: Kelly Priscila

*Com informações da assessoria

Edição Web: Bruna Oliveira

Leia mais:

Categoria Ouro do Festival Folclórico inicia no domingo (10)

Prestação de contas de projetos é prorrogada em Manaus

Escola de artes da Ufam está com inscrições abertas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.