×
Oficina de artesanato

Programação da UGPE leva oficina de artesanato para a Comunidade da Sharp

A oficina utiliza vidros para confecção de arte

Oficina de artesanato UGPE
A oficina, que consiste na utilização de vidro para confecção de arte. - Tiago Corrêa/UGPE

Manaus (AM) – Em busca de fomentar o empreendedorismo e a autonomia financeira, a Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE) do Governo do Amazonas realizou, nesta quarta-feira (4), uma oficina de vitral para moradoras da comunidade da Sharp.

Localizada no bairro Armando Mendes, a comunidade faz parte da envoltória de obra do novo Programa Social e Ambiental de Manaus e Interior (Prosamin+).

A oficina, que consiste na utilização de vidro para confecção de arte, faz parte da programação da campanha da UGPE, “Minha mãe tá toda Prosa!”, em alusão ao Dia das Mães. A formação foi ministrada pela assistente social da UGPE, Aldenize Amorim.

De acordo com o coordenador executivo da UGPE, engenheiro civil Marcellus Campêlo, a ação está inserida na promoção da política de Gênero e Diversidade do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), principal financiador do Prosamin+, também compartilhada pelo Governo do Amazonas.

É uma política que preconiza a proteção das mulheres para que tenham garantidos direitos como o espaço de fala, de participação e de decisão no processo de reassentamento. Também proporciona o fortalecimento da mulher por meio de fomento e de ações que propiciem a capacitação e o espaço para entrar em contato com o empreendedorismo e, a partir disso, o desenvolvimento e otimização da autonomia financeira”, observa.

Chefas de família

Em um estudo realizado pela UGPE para a execução do Plano Diretor de Reassentamento do novo Prosamin+, em junho de 2021, verificou-se que 60% dos lares na Comunidade da Sharp são chefiados por mulheres.

Para essas mulheres preparamos ações de suporte no reassentamento, estimulando o empreendedorismo”, observa Viviane Dutra, subcoordenadora social da UGPE.

Para esse processo, explica Viviane, o programa fortalece as ações de cunho socioambiental, a exemplo da oficina realizada nesta quarta-feira.

Edição Web: Bruna Oliveira

Fotos: Tiago Corrêa/UGPE

*Agência Amazonas

Leia mais:

Dia das Mães: comércio deve apresentar aumento de 4% em relação a 2021, diz CDL

Cemitérios públicos de Manaus terão ambientação musical no Dia das Mães

“Sexta Dançante” movimenta programação de Dia das Mães em Manaus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.