×
Câmara Municipal

Capacitação socioemocional em escolas vira Lei em Manaus

Segundo o texto sancionado, o Executivo estabelecerá as ações a serem desenvolvidas, como palestras, debates, vivências e distribuição de cartilhas

O Projeto de Lei n.196/2021, de autoria do presidente da Comissão de Educação, vereador Fransuá (PV), que inclui medidas de capacitação socioemocional no projeto pedagógico, foi sancionado pelo prefeito de Manaus David Almeida (Avante).

A Lei Municipal, que tomou o n. 2844/2022, tem por finalidade preparar os estudantes para a vida, visando a inteligência emocional.

“É um grande passo para a educação de nossas crianças. Atualmente, além do ensino de matérias bases, é necessário que elas aprendam a conviver com os problemas e dificuldades da vida de forma saudável”, explica Fransuá.

Conforme a Lei de Fransuá, deverá conter no plano pedagógico das escolas da rede municipal de ensino ações para a promoção do reconhecimento de emoções, capacidade de lidar com elas, com as pressões sociais, exercício da empatia, diálogo, resolução de conflitos, cooperação e respeito ao próximo.

O parlamentar, ainda, explica que o desenvolvimento pleno, garantido pela Constituição Federal, não é apenas cognitivo, mas também socioemocional. Segundo o texto sancionado, o Executivo estabelecerá as ações a serem desenvolvidas, como palestras, debates, vivências, distribuição de cartilhas de orientação aos pais, alunos e professores, dentre outras iniciativas.

*Com informações da CMM

Leia mais:

“Governo vê Zona Franca de Manaus como posto de abastecimento da receita fiscal”, diz Nelson Azevedo

Projeto de escola musical gratuita em Itacoatiara (AM) recebe apoio do Governo

Mototaxistas e taxistas de Manaus receberão “Kit Pneus”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.