×
Abuso sexual

Em Manaus, adolescente de 13 anos era abusada pelo padrasto e mãe sabia

A mãe da menina tinha conhecimento dos abusos e perdoava o marido

Foto: Reprodução

Manaus (AM) – Um homem, de 36 anos, foi preso após ser acusado de abusar sexualmente da enteada, uma adolescente de 13 anos, na manhã desta quarta-feira (18). A prisão aconteceu no bairro Santo Agostinho, na zona Oeste de Manaus. A vítima revelou que a própria mãe sabia dos abusos.

De acordo com a delegada titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA), Joyce Coelho, a adolescente denunciou o caso em outubro de 2021 e revelou que era abusada desde os 10 anos de idade, quando o relacionamento entre o suspeito e a genitora começou.

Em depoimento, a adolescente revelou que a própria mãe sabia dos abusos e que, inclusive, tinha presenciado um dos atos, mas sempre perdoava o companheiro. Ela não aguentou mais a situação e revelou para familiares o que acontecia.

“Ela disse que a genitora soube desde o início e que ela teria até presenciado um dos atos e, mesmo assim, perdoava todas as vezes o marido e a adolescente continuava sendo violentada. Até que por não aguentar mais, ela falou para família toda e a tia a acolheu e a trouxe para a delegacia”, contou Joyce Coelho.

Após a denúncia, a adolescente recebeu uma medida protetiva de urgência e foi encaminhada para o abrigo Serviço de Acolhimento Institucional de Crianças e Adolescentes (Saica) e depois foi morar com a tia materna. No entanto, a menina demonstrou o desejo de voltar a morar com a mãe.

Com a medida, a vítima voltou a morar com a mãe, que não respeitou a decisão da Polícia Civil e continuou a permitir a presença do homem em casa. A genitora chegou a reter os documentos da adolescente e não permitir que ela tivesse acesso.

Com a atitude da mãe, a adolescente voltou a denunciar o ato na DEPCA e a especializada realizou uma ação para prender o homem e recuperar os documentos da vítima.

“A adolescente nos procurou nesta semana relatando que nem os documentos a mãe tinha cedido e que a medida protetiva não tinha alcançado o efeito desejado. Diante disso, nós cumprimos o mandado de prisão preventiva do acusado e fizemos a busca dos documentos da adolescente”, revelou a delegada.

Pelos abusos que vinha sofrendo desde quando era uma criança, a adolescente está com danos psicológicos e será acompanhada por profissionais.

A mãe prestará esclarecimentos nesta quarta-feira (18) e poderá ser responsabilizada por não proteger a filha, já que é um dos deveres dos pais, e preferir ficar ao lado do acusado do crime.

“Eu acredito que ao final desse inquérito, ela também será responsabilizada por estupro de vulnerável na sua forma omissiva, porque como mãe, ela tinha dever legal de proteger essa adolescente”, finaliza Joyce Coelho.

Após os procedimentos cabíveis, o acusado do crime ficará à disposição da justiça e será encaminhado para o Centro de Recebimento e Triagem (CRT) para dar baixa no presídio.

Veja o momento da prisão do acusado:

Foto: Reprodução

Leia mais:

Criança de 10 anos relata por meio de bilhete abuso sexual do padrasto

Padrasto que jogou bebê de dois meses em igarapé é condenado a 30 anos de prisão no AM

Mãe e padrasto são presos suspeitos de matar criança autista espancada em Manaus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.