×
estupro de vulnerável

Criança de 10 anos relata por meio de bilhete abuso sexual do padrasto

Menina entregou bilhete a monitor de transporte escolar pedindo ajuda para evitar mais abusos sexuais

Uma menina, de 10 anos, entregou na terça-feira (10) um bilhete para um monitor de transporte escolar. Na mensagem, ela escreveu que era vítima de abuso sexual e, por isso, estava pedindo ajuda. O caso ocorreu em Chapecó (SC). A Polícia Civil informou que o padrasto, 55, que a criança chama de pai, é o principal suspeito. Ele foi preso preventivamente na quinta-feira (12). As informações são do UOL.

O delegado Éder Matte informou que o monitor recebeu o bilhete da menina quando chegou à escola. Na sequência, ele entregou a mensagem para a direção da instituição de ensino.

A escola chamou o Conselho Tutelar e, depois, acionou a Polícia Civil.

A mãe da criança, que trabalha como diarista, foi ouvida e afirmou que não tinha conhecimento dos abusos.

Ao ser questionada, a menina informou que a mãe trabalha uma ou duas vezes por semana. E era nesse período que os abusos sexuais ocorriam. Ela também ressaltou que eles duraram cinco meses.

Depois, a criança foi submetida à perícia e exames no Instituto Médico Legal (IML), que confirmaram as agressões.

O padrasto da menina negou que tenha cometido o crime em depoimento. Mesmo assim, o homem foi detido. Como ele ainda não tem uma defesa constituída, o UOL não conseguiu o seu posicionamento.

A menina continua sob os cuidados da mãe, que tem outro filho menor de idade com o suspeito.

A Polícia Civil continua investigando o caso e ouvindo testemunhas.

O delegado Matte afirmou que a atitude da menina foi de extrema importância para que os abusos fossem interrompidos. “Muitas vezes, as pessoas não têm como ir até uma delegacia, tem vergonha ou principalmente um trauma. Às vezes a própria família não acredita e a lição que fica é essa: denunciar, para que o Conselho Tutelar e a polícia tomem as providências necessárias”.

*Com informações da Isto é

Leia mais:

Médico e estudante são executados a tiros em sítio

Mulheres denunciam motoristas de aplicativos por tentar dopá-las

Irmãos colidem com jumento e morrem em viagem para comemorar Dia das Mães

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.