×
Repúdio

Vereador Rodrigo Guedes denuncia criminalmente apologia ao nazismo em jogo do São Raimundo

A tatuagem de Águia desenhada nas costas do torcedor, representa o Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães, representando ainda a águia nazista

Divulgação

Manaus (AM) – No último domingo (17), um torcedor do clube São Raimundo (AM) foi visto expondo uma tatuagem de um símbolo nazista em meio a torcida no estádio Ismael Benigno, em Manaus. A atitude foi considerada um gesto de apologia ao nazismo, que é considerado crime no Brasil.

O vereador e presidente do São Raimundo Esporte Clube, Rodrigo Guedes repudiou a ação e moveu um processo criminal para que a polícia investigue. Guedes afirmou ainda que por precaução o clube esportivo irá proibir André de adentrar nas dependências do São Raimundo E.C.

A tatuagem de Águia desenhada nas costas do torcedor, representa o Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães, representando ainda a águia nazista.

“É muito curioso que a tatuagem do rapaz tenha todos os elementos que fazem apologia ao nazismo, dizer que é coincidência e que ele não tinha essa informação ao fazer algo que vai ficar a vida toda na pele é forçar a barra. Gostaria de acreditar que é tudo um mal entendido mas infelizmente sabemos que pensamentos e ideologias de ódio existem e só aumentam. É um símbolo nazista e isso é indiscutível. É um ato grave, que fere a legislação e principalmente a história de uma civilização e da própria humanidade. Não podemos deixar que essa situação fique sem a devida punição”, argumentou.

A apologia ao nazismo corresponde ao ato ou atos de promoção e prática sob qualquer argumento ou meio as ideias, doutrinas ou instituições adotadas pelo Partido Nazista e é considerado crime. Inclusive, usando símbolos nazistas, distribuindo emblemas ou fazendo propagando desse regime, conforme o art. 20 da Lei n° 7.716/1989, com pena de reclusão.

*Com informações da assessoria

Leia mais:

Prefeito David Almeida lança curso de uso de armamento letal para primeira turma de guardas municipais

Movimentos propõem Carta do AM para pressionar pela derrubada do veto à “Lei Paulo Gustavo”

Bolsonaro nomeia Victor Godoy Veiga como novo ministro da Educação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.