×
TELEMEDICINA

Projetos de Telemedicina são apresentados durante CIB-AM

Técnicos do Ministério da Saúde e do Proadi-SUS apresentaram projetos aos secretários municipais de saúde

apresentação do projeto de telemonitoramento do pré-natal
O projeto irá facilitar o acesso das gestantes com algum risco na gravidez aos serviços de saúde. - Rodrigo Santos/SES-AM

Manaus (AM) – Secretários municipais de saúde do Amazonas participaram da apresentação do projeto de telemonitoramento do pré-natal de alto risco e as intercorrências obstétricas em áreas remotas do estado, executada por técnicos do Ministério da Saúde (MS).

A exposição foi realizada durante a reunião da Comissão Intergestores Bipartite do Estado do Amazonas (CIB-AM), na segunda-feira (28), no auditório da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), em Manaus.

A apresentação antecede o 1º Seminário Estadual de Alinhamento das Metas do Termo de Execução Descentralizada nº 97, que ocorre nesta quarta-feira (30/03), com o objetivo de discutir a articulação ensino-serviço na lógica da rede de atenção materno-infantil, motivada pela implementação do projeto.

Essa apresentação prévia aos gestores é importante para subsidiar a discussão ampla sobre o assunto nos próximos dias e garantir o melhor atendimento da população, sobretudo das mulheres que precisam de atenção especializada durante a gestação”, afirmou Anoar Samad, secretário de Estado de Saúde.

A secretária executiva de Gestão da Atenção à Saúde da SES-AM, Nayara Maksoud, destacou que a pasta busca ferramentas para aprimorar os indicadores de saúde, fomentar e ampliar o acesso aos serviços de saúde.

A reunião da CIB proporcionou a apresentação dessas ferramentas aos secretários municipais de saúde. Em conjunto com o Ministério da Saúde, a Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas está fazendo a pactuação com 11 municípios e com a Universidade Federal do Amazonas para que possamos potencializar o uso da ferramenta de telemedicina na linha de cuidado materno-infantil”, ressaltou a secretária.

De acordo com a diretora do departamento de ações programáticas estratégicas da Secretaria de Atenção Primária à Saúde do MS, Lana Lima, o projeto irá facilitar o acesso das gestantes com algum risco na gravidez aos serviços de saúde.

Para enfrentar a mortalidade materna, uma das metas dos objetivos de desenvolvimento sustentável, estamos neste momento priorizando o estado do Amazonas. Selecionamos 11 municípios prioritários, em que podemos trabalhar com mais do que 70% dos casos, para receber incentivo do Governo Federal para montarem suas salas de telemonitoramento na atenção primária”, disse a diretora.

Durante a reunião, também foram apresentados os indicadores do projeto de Telemedicina na Atenção Especializada, do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS) do MS, realizado em parceria com o Hospital Israelita Albert Einstein.

Também ocorreram as indicações das maternidades da rede estadual de saúde Ana Braga, Balbina Mestrinho e Instituto da Mulher Dona Lindu para o Projeto Proadi Lean, iniciativa do Hospital Sírio-Libanês executada por meio do Proadi-SUS.

Sobre a CIB

A CIB é a instância colegiada que reúne secretários municipais e a gestão estadual para traçar estratégias e deliberar sobre a execução das ações e serviços de saúde.

*Agência Amazonas

Leia mais:

Fevereiro Roxo: AM recebe ação de conscientização sobre Alzheimer, fibromialgia e lúpus

Gestante pode agendar visita no Centro de Parto Normal Intra-hospitalar do Dona Lindu

Mais de 200 profissionais de Lábrea são capacitados para o programa Previne Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.