×
Ação da polícia

“Baiano” é preso por furtar lojas de celulares em Manaus; veja vídeo

Após o furto, os criminosos fugiam para Goiás no intuito de comercializar os produtos

Manaus (AM) – Haricimayler Reis dos Santos, de 34 anos, conhecido como “Baiano”, foi preso nesta segunda-feira (4) pela Delegacia Especializada em Roubos Furtos e Defraudações (DERF). Ele, e mais dois comparsas, são suspeitos de furtar uma loja de aparelhos eletrônicos em um shopping no bairro Ponta Negra, zona Oeste, no último dia 28 de junho.

“Baiano” e os comparsas cometeram, anteriormente, outra ação criminosa, furtando uma joalheria, também em um shopping de Manaus, no dia 10 de abril. O modo de agir era sempre o mesmo. Os criminosos passavam o dia inteiro no interior das lojas e a partir das 22h, entravam pelas tubulações dos aparelhos de ar condicionado.

De acordo o delegado Adriano Félix, titular da especializada, foram furtados 59 celulares da loja de aparelhos eletrônicos. O segundo comparsa, identificado como Luiz, foi indiciado e o terceiro envolvido está foragido em Goiás.

“Está faltando o cabeça deles. O indivíduo que ficou com a maior parte dos aparelhos e levou pra outro estado. Já sabemos quem é esse sujeito. Usavam a sala técnica, furando o forro nas tubulações, para cair dentro das lojas. Só na joalheria foram três bandejas de ouro 18 quilates e várias pulseiras que estavam na prateleira roubadas e levadas para fora do Estado. Não temos dúvidas que vão comercializar. A prisão preventiva foi solicitada e logo, logo daremos uma resposta. O ‘Baiano’ dava todo suporte técnico de veículos. Ele tem passagem por roubo, furtos e uso de drogas. Um indivíduo trabalha dessa forma”, disse.

Câmeras

Nas imagens das câmeras de segurança dos estabelecimentos, “Baiano” é identificado usando um carro branco com os comparsas, possivelmente, no interior. Ele entra no shopping, passeia pelas lojas, conversa no celular para disfarçar. Outro vídeo mostrar o momento em que o criminoso acessa as tubulações do estabelecimento.

Ainda de acordo com Adriano Félix, a polícia descarta o envolvimento de funcionários dos shoppings nos crimes e que a DERF de Brasília está dando suporte nas buscas pelo terceiro comparsa.

“Não descartamos a possibilidade desse indivíduo, que está faltando ser preso, já ter trabalhado em shopping pela forma com que ele adentrou na loja. Não temos dúvidas que ele sabe trabalhar e acessar a área técnica dos shoppings”, afirma o titular da especializada.

Fuga

A estratégia dos criminosos era sempre a mesma. Após o furto, fugiam para Goiás, no intuito de comercializar os produtos. Depois de cometer o assalto na joalheira, eles retornaram para Manaus, no dia 28, para roubar a loja de aparelhos eletrônicos.

Imagens das câmeras de segurança

Edição Web: Bruna Oliveira

Leia mais:

Dupla é presa por tentativa de assalto contra motorista de app em Manaus

Assalto em ônibus de Manaus deixa uma das vítimas com cabeça quebrada

Passageiros gritam por socorro durante assalto a ônibus na Cidade Nova, em Manaus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.