×
EDUCAÇÃO

Estudantes e professores do Rio Preto da Eva recebem notebooks

A ação deu continuidade ao Projeto Educação 4.0, implantado pela Secretaria de Estado de Educação e Desporto

Manaus (AM) – O Governo do Estado entregou, no sábado (18/09), 128 notebooks a estudantes e professores da rede estadual do município de Rio Preto da Eva, distante 57 quilômetros de Manaus.

A ação deu continuidade ao Projeto Educação 4.0, implantado pela Secretaria de Estado de Educação e Desporto, fruto da parceria com a empresa Positivo e o Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM).

Foi um sábado de muito trabalho. Ao lado do governador Wilson Lima, entregamos notebooks do Projeto Educação 4.0 para estudantes e professores da rede estadual em Rio Preto da Eva. Estamos dando continuidade às entregas de um projeto que tem feito a diferença na vida dos alunos do interior. Ao longo desses últimos anos, a tecnologia tem sido aliada da Educação, por isso, vamos usá-la a nosso favor

Kuka Chaves, secretária de Educação

A iniciativa visa aprimorar o processo de ensino-aprendizagem dos alunos da rede pública estadual nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática.

Desta vez, foi contemplado o público da Escola Estadual Raimundo Paz.

  Os equipamentos são entregues com os dados de cada beneficiado e contam com conteúdos embarcados para serem usados off-line (sem a necessidade de Internet). Além disso, os estudantes poderão ter acesso aos recursos do programa “Aula em Casa”.  

Os conteúdos embarcados nos notebooks são baseados em verificações e trilhas de aprendizagem, com atividades lúdicas, diferentemente do que é ofertado pelo projeto “Aula em Casa”, por exemplo.

Após o fim das atividades, os alunos serão avaliados para verificar se o uso de tecnologia ajudou, de fato, no desenvolvimento dos trabalhos e na melhoria da aprendizagem.

O Projeto Educação 4.0 foi idealizado pelo desembargador Wellington Araújo, à época vice-presidente do TJAM, e pela juíza Lídia Frota.

O objetivo é alcançar estudantes em situação de vulnerabilidade que vivem em áreas de baixa ou nenhuma conectividade e alunos ribeirinhos.

Além de estudantes do ensino básico regular, a parceria com o TJAM e a Positivo também contempla a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), que  desenvolve atividades com apenados.

*Com informações da assessoria 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.