×
Espaço cultural

Espaço multicultural “Casa da Miúda” abre atividades em Manaus

A Casa da Miúda possui um lugar reservado para as artes visuais

Manaus (AM)- Inaugurada no mês de abril, a Casa da Miúda – Arte e Cultura, localizada na rua Major Gabriel, 262, Centro, é o mais novo espaço multicultural da capital amazonense. O horário de funcionamento do espaço vai de quarta-feira a domingo, sempre das 16h às 21h.

Além de ser a sede da Menina Miúda Produções, o local tem como proposta se projetar como um espaço democrático, a ofertar oficinas, vivências, bate-papos, ensaios e eventos para a população. Dirigido pelo ator Cairo Vasconcelos e gerenciado pela produtora Emília Pontes, o local também busca valorizar espetáculos de artistas da terra, oportunizando espaço para ensaios e apresentações de grupos artísticos periféricos e de vanguarda da cidade.

A Casa da Miúda possui um lugar reservado para as artes visuais. Nela, há duas áreas expositivas. Uma com quadros e obras de artistas da cidade de Manaus, onde atualmente estão em exposição as obras da artista Laís Fernanda Borges, cuja mostra é intitulada “Orixás”, a nascer de uma mistura de fé, processos de descobertas e uma pitada de militância da artista. A série conta com seis quadros que retratam divindades das religiões de matriz africana, como Oxalá, Oxóssi, Oxumaré, Iansã, Iemanjá e Oxum.

Na segunda sala, há uma instalação cênica do espetáculo “Menina Miúda”, que faz parte do projeto “Miudezas Cênicas”. Trata-se de uma instalação imersiva sobre os espetáculos da produtora artística homônima à obra, afim de difundir seu processo criativo e cênico por meio da exibição de documentos e dramaturgias do grupo, e expondo registros de cenas e figurinos das diversas montagens realizadas pela produtora.

O espaço também dispõe de sala de ensaio destinada para aulas de artes cênicas, oficinas, encontros, workshops, vivências, reuniões, dentre outros, e comporta ventiladores, linóleo e equipamento de som.

“O Teatro da Miúda é o espaço destinado para apresentações maiores de grupos de teatro, música, dança, dentre outros. Um teatro com palco ao ar livre e que se encontra em evolução na sua estrutura para melhor receber eventos de qualidade e médio porte. Atualmente ele está comportando equipamento de sonorização”, afirma Cairo.

Proposta

Destinada para acolher visitantes, artistas, residentes e público em geral, a Casa da Miúda tem um espaço aberto para apreciação de obras plásticas, fotográficas, instalações, artesanatos, dentre outras artes regionais e nacionais.

“A Casa da Miúda possui um acervo destinado para salvaguardar figurinos, materiais de cena, objetos, dentre outros”, pondera o diretor.

A ideia de criar o espaço partiu de Cairo, que queria conceber um local onde se pudesse dar continuidade aos trabalhos artísticos do grupo, bem como o de pesquisa teatral, além de pensar em um espaço com programação diversificada na cidade.

“Sabe-se da dificuldade que grupos independentes possuem em encontrar espaços para desenvolvimento de seus trabalhos e continuar os processos artísticos. Inclusive, nos ensaios do espetáculo Menina Miúda, o grupo ia para a praça Paulo Jacob. Coincidentemente, onde hoje fica localizada a sede do grupo. Foi a partir do Edital Equipa Cultura, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa – SEC, que foi possível a criação do projeto”, finaliza Vasconcelos.

Acesso

A Casa da Miúda reúne nova programação para o segundo semestre, cujas ações serão divulgadas em breve nas redes sociais. Nesse momento, o espaço se encontra aberto para visitações, além de oferecer espaço para ensaios e reuniões aos que quiserem desenvolver suas atividades. Mais informações podem ser obtidas nos contatos (92) 98231-4219, (92) 99381-6469 e no Instagram @casadamiuda.

*Divulgação

Fotos: Divulgação

Leia mais:

Eliana Printes celebra a vida em show em Manaus

Festival Folclórico do AM acontece em junho

Sesc apresenta exposição sobre a “Mãe Terra”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.