×
Despedida

Porta estandarte do Boi Garantido deixa posto e desabafa: “É doloroso”

Daniela Tapajós anunciou a saída do posto em um desabafo nas redes sociais

Manaus (AM)- A crise no boi Garantido só aumenta a cada dia após a derrota no Festiaval Folclórico de Parintins, realizado nos dias 24, 25 e 26 de junho. Desta vez, após a saída de David Assayag e Sebastião Jr., a porta estandarte Daniela Tapajós anunciou a saída do posto do item de número 5, em um desabafo nas redes sociais.

Segundo a artista, há dois anos que sofre e que precisou seguir forte para defender o pavilhão do Boi Garantido.

“Todo dia era um insulto, uma ameaça, um verdadeiro terrorismo psicológico. Fui para arena com muita dor física e esgotamento mental, pensei em desistir inúmeras vezes. Queria sair gritando e ser liberta de toda injustiça que eu estava a viver, contudo, fiz uma promessa pra vocês galera VERMELHA E BRANCA, foi difícil, mas eu consegui! Calei todos que duvidaram e principalmente aqueles que me subestimaram! Estou aqui tratando de uma lesão onde precisei suportar durante as três noites, o que mostra o quanto fui resiliente em meio a este festival”, descreveu em desabafo e mostrando a lesão por meio de foto.

Ainda sobre o momento difícil, Daniela acusa a Direção Geral de Espetáculo, não generalizada, mas que, segundo ela, “destruíram, enganaram e mentiram sem o menor pudor, principalmente para nosso maior patrimônio que é a nossa Galera. Ninguém merecia isso, principalmente a nossa Galera”.

Daniela finaliza parabenizando o boi Caprichoso pela vitória e valorização dos seus itens do Bloco B, em especial as mulheres.

“Peço desculpas por não conseguir ser tão forte, e por não mais aguentar e ter que suportar tantas coisas ou mesmo dizer/fingir que estou bem. É doloroso e eu não aguentaria mais viver esse tipo de situação”, finalizou.

Crise no Garantido

Após grandes polêmicas envolvendo o atual presidente da Associação Folclórica Boi Bumbá Garantido, Antônio Andrade, o pedido de impeachment contra o gestor já se iniciou. O documento foi assinado pelo ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil no Amazonas (OAB-AM), Marco Aurélio Choy, e a empresária e compositora Ana Paula Perrone.

Com a derrota considerada “humilhante” por muitos torcedores encarnados, no 55º Festival Folclórico de Parintins, uma mobilização entre a “galera”, sócios torcedores e integrantes da associação ganhou forças contra o presidente Antônio Andrade.

Sebastião Júnior anunciou durante a passagem de som do último dia do festival, domingo (26), que deixaria o posto de levantador de toada do boi Garantido. Ele fez o anúncio minutos após ser ovacionando pela galera vermelha e branca, que clamava pela apresentação dele.

Um dia depois, o cantor e levantador de toadas do Boi Garantido, David Assayag, comunicou que não permanece no cargo para os próximos anos do Festival Folclórico de Parintins.

A decisão foi informada por meio das redes sociais do cantor. Em despedida, David conta que se despede do posto e afirma que nunca aprovou divisões.

Leia mais:

Sebastião Júnior deixa posto de levantador de toadas do boi Garantido

Sebastião Júnior dispara contra Presidente do Garantido “Mentiroso”

David Assayag se despede do posto de levantador de toadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.