×
Libertadores

Palmeiras se prepara visando o Cerro Porteño no Allianz Parque

Na ida, no dia 29 de junho, no Paraguai, o Verdão venceu por 3 a 0

O Palmeiras deu sequência na manhã desta terça-feira (5), na Academia de Futebol, à preparação para o duelo com o Cerro Porteño-PAR, na quarta (6), às 19h15, no Allianz Parque, pela partida de volta das oitavas de final da CONMEBOL Libertadores.

Na ida, no dia 29 de junho, no Paraguai, o Verdão venceu por 3 a 0, com dois gols do atacante Rony e um do zagueiro Murilo.

No gramado, a comissão de Abel Ferreira comandou um trabalho tático intenso em dimensões reduzidas, e a atividade frequentemente foi paralisada para orientações aos atletas. Na parte final, os atacantes aprimoraram finalizações tanto da parte central da área quanto partindo das laterais. O meio-campista Jailson e o atacante Gabriel Veron fizeram atividades internas de recuperação com o Núcleo de Saúde e Performance.

O lateral-direito Marcos Rocha falou do atual momento da equipe, valorizou o potencial do elenco alviverde e enalteceu a torcida, que, além de lotar os jogos no Allianz Parque (acima de 30 mil nas últimas quatro partidas), manifestou apoio depois do apito final no último sábado (02), mesmo com a derrota para o Athletico-PR.

“Estamos disputando três grandes campeonatos e brigando por todos. Uma hora ou outra podemos oscilar, mas sabemos o quanto o nosso trabalho é positivo dentro e fora do clube, com o torcedor reconhecendo e lotando o estádio. Temos um grupo especial, com jogadores jovens e trabalhadores, e todos nós queremos algo a mais com a camisa do Palmeiras, queremos ganhar ainda mais esse ano. Contamos com o apoio dos torcedores, que eles continuem acreditando porque sabemos que juntos já conseguimos algo especial que hoje relembramos e vibramos quando falamos das nossas histórias”, expôs o camisa 2 palestrino.

Único brasileiro a ter disputado dez edições consecutivas de Libertadores (atrás apenas do paraguaio Néstor Camacho, com 11), Rocha, que ganhou a competição também com o Atlético-MG em 2013, comentou ainda sobre a atenção para o embate de quarta, mesmo com a vantagem importante obtida em Assunção (PAR).

Os jogadores Danilo e Raphael Veiga (D), da SE Palmeiras, durante treinamento, na Academia de Futebol. (Foto: Cesar Greco)

“Jogo de Libertadores não pode cochilar, não pode dar mole. Eles vão vir para tentar buscar um resultado positivo, provavelmente vão vir com uma formação diferente. Vimos que no final do jogo colocaram dois centroavantes que dificultaram a nossa bola aérea. É ter bastante atenção, tenho certeza de que o Abel e sua comissão estão preparando surpresas para que possamos fazer um grande jogo e passar de fase. É acreditar que vamos reencontrar o caminho das vitórias dentro de casa, que é a nossa força, com o apoio do nosso torcedor. Espero que amanhã possa ser casa cheia, com apoio incondicional como na última partida”, disse o atleta de 33 anos.

Na primeira fase da competição continental, o Alviverde, atual bicampeão do torneio, protagonizou a melhor campanha da história, com seis vitórias em seis rodadas e um saldo de 22, com 25 gols marcados e apenas três sofridos.

Além disso, com o último triunfo em Assunção, o Palmeiras atingiu a marca de oito vitórias seguidas na Libertadores, igualando as até então outras melhores sequências da competição em todos os tempos: Peñarol-URU (1966), Estudiantes-ARG (1968 a 1970), Cruzeiro (1976), Vasco da Gama (2001) e Santos (2007).

Por fim, o Verdão, que, em caso de classificação, pode se tornar o primeiro clube brasileiro a garantir vaga nas quartas de final da Libertadores pela quinta vez consecutiva, defenderá uma invencibilidade de 15 embates no torneio, com 12 vitórias e três empates – maior sequência do clube. A última derrota foi para o Defensa y Justicia-ARG, no dia 18 de maio de 2021.

*Palmeiras

Fotos: Cesar Greco/Palmeiras

Edição Web: Bruna Oliveira

Leia mais:

Flamengo e Palmeiras vencem fora de casa na Libertadores

São Paulo e Palmeiras jogam pelo Brasileirão

Lyon sonda Abel do Palmeiras e técnico recusa oferta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.